A sua bondadeA sua bondade está oculta dentro dela | Kabbalah Centre Portugal

A sua bondadeA sua bondade está oculta dentro dela

Como já referimos muitas vezes, o Shabbat Pinchas é um Shabbat muito poderoso - não apenas para a cura, como já foi discutido, mas é também um momento importante para conectar, e entender ao que nos estamos a conectar, durante o que é chamado de as "três semanas". Nada é uma coincidência e, portanto, há uma razão pela qual o Shabbat Pinchas geralmente chega no início de um período de tempo considerado como as três semanas mais negativas do ano, o que os Kabalistas chamam Yamei Ben HaMetzarim. Literalmente, essas palavras significam que estes são dias de estreiteza ou que são restritos.


O grande Kabalista Ohev Yisrael, Rav Avraham Yehoshua Heshel de Apta, explica que não é coincidência que na porção desta semana, nós leiamos sobre todas as festividades (aberturas cósmicas) que aparecem ao longo do ano. Ele realça que o número de aberturas durante todo o ano é 21. E esses 21 dias, diz ele, correspondem aos 21 dias que dão início às três  semanas, até ao dia 9 de Av, Tisha B'Av, que é considerado o dia mais negativo do ano. E ele diz que a Luz está escondida dentro de cada um destes 21 dias, sendo ela ainda maior do que a dos 21 dias de feriados. Todos nós sabemos quão poderoso é Rosh Hashanah, ou Yom Kippur, ou Pesach ... agora, imagine que temos 21 dias que possuem a totalidade dessa Luz, consecutivamente, um após o outro, pelo menos em potencial!

 

Ele diz que sendo o 9 de Av o dia mais oculto, é realmente o dia em que a Luz de Mashiach é revelada. Porquê? Porque, como os Kabalistas ensinam, é nos lugares de maior ocultação, geralmente vivida por nós como um desafio ou escuridão, que está a maior Luz; os canais de Luz abertos pela transformação da escuridão revelam uma grande Luz.
O Zohar usa uma bela frase ao referir-se à letra Tet, que é 9, para o dia 9 de Av. Ele diz: "A sua bondade está oculta dentro dela." E é por isso que a letra Tet aponta para dentro, como se dissesse: "Sim, nesses 21 dias poderá experienciar desafios, mas se conseguir manter a clareza e a certeza de que dentro de cada um dos desafios, dentro de cada um dos 21 dias, se encontra oculta a bondade, a Luz e o poder, então pode revelar maior Luz do que em qualquer outra época do ano.” Portanto, diz-se, para aqueles de nós que estão a correr atrás da Shechinah, a correr atrás da Luz do Criador, a época do ano em que mais somos capazes de alcançar essa conexão com a Luz do Criador é durante estas três semanas chamadas Yamei Ben HaMetzarim - os dias que aparentemente são constringidos, aparentemente não preenchidos com Luz.

 

E assim, no Shabbat Pinchas, o que queremos pedir, claro, é toda a Luz de Pinchas, a Luz da cura. Mas, igualmente importante, queremos entender que nas próximas semanas, que conduzem a Tisha B'Av, existe uma grande Luz. Vamos experienciar a casca dessa Luz, vamos experienciar, num grau ou noutro, a ocultação dessa Luz, mas se formos capazes de manter a certeza e a clareza de que a grande Luz está oculta dentro desses 21 dias, o Yamei Ben HaMetzarim, e dentro dos desafios, então revelamos essa grande Luz.

 

Ao pedirmos para receber a Luz de cura, também queremos obter do Shabbat Pinchas a força para as próximas semanas, para realmente sermos capazes de extrair a bondade oculta nestes 21 dias, sabendo que na realidade aquilo a que nos podemos conectar e receber durante este tempo é maior do que qualquer outra Luz que possamos receber durante o resto do ano.