O Segredo da Alegria | Kabbalah Centre Portugal

O Segredo da Alegria

nodeImgHá quem diga que se soubéssemos o quão verdadeiramente perfeita é a vida, olharíamos para o céu rindo. Se estivermos abertos a isso, esta revelação pode ser nossa esta semana.

É verdade que quando olhamos para o mundo, o vemos em toda a sua beleza. Maravilhamo-nos com o céu, o sol, com o reino animal, com os peixes que habitam os mares e com todas as espécies de seres humanos que formam uma tapeçaria gloriosa. Albert Einstein disse uma vez: “Só há duas maneiras de viver a vida: como se nada fosse um milagre, ou se se tudo fosse um milagre”.               

            

Todos os dias, centenas de milhar de novas almas nascem em novos corpos, formados por lindas e delicadas complexidades, como olhos, pequenos dedos dos pés, das mãos, órgãos e corações pulsantes. Em cada dia, o sol nasce e todas as criaturas de Deus acordam no planeta inteiro para criar uma sintonia destes corações latejantes e mentes pensantes, todos abençoados com a capacidade de viver um novo dia. O Universo ajuda-nos nesta semana a ver a perfeição da vida. A vida é boa. O amor rodeia-nos. Os milagres abundam. Há uma perfeição Divina a tecer a malha da nossa vida.

 

Na porção desta semana, Miketz, lemos sobre a ascensão de José. Ao fim de dois anos, as suas dificuldades chegaram finalmente ao termo. José tinha sido capaz de controlar a sua consciência durante aquele período e conseguiu assim ver a perfeição do desenrolar da sua vida. José é libertado da servidão e torna-se o governante de todo o Egipto. A noite termina para José e inicia-se um novo dia.

 

Também para nós é altura de brilhar e regozijarmo-nos. Estamos a ser conduzidos para um novo e melhor capítulo das nossas vidas. Se tentarmos, conseguimos ver as nossas vidas perfeitas como são, sem dúvidas, julgamentos, preocupações ou arrependimentos. Tal como o Criador tinha um plano perfeito para José, também a Luz tem para cada um de nós um plano perfeito. Celebremos esta grande verdade!

 

Não é coincidência que esta seja também a semana de Chanukah, em que podemos aceder a uma tremenda quantidade de Luz, tornada acessível apenas nesta altura do ano. Esta é a Luz dos milagres que tem o profundo poder de eliminar o caos e a tristeza, e de substituí-los com a maior felicidade que podemos imaginar.

 

Tomem um momento, enquanto leem isto, para fechar os olhos e respirar profundamente. Comecem a pensar em toda a vossa vida, meditando em todos as vossa bênçãos, talentos e qualidades, nos muitos tesouros que possuem. Estão a incluir o sopro da vida? A bênção de ter mais um dia para viver, amar e aprender? Estão a incluir aqueles que vocês amam? O céu, o sol, a lua, os olhos calorosos de um amigo? Há pessoas na vossa vida que gostam de vocês. Vocês têm mãos para dar e para apoiar outros. Sintam a vida que estão a viver e sintam a gratidão por todas as vossas bênçãos.     
    

Sabem, o segredo da alegria é saber que estão a receber exactamente o que necessitam em cada momento. A vossa vida é o mais perfeito sistema possível, desenhado especialmente para vocês. Quando vimos a este mundo, a nossa alma escolhe o contexto e a família específicos para ajudar a limpar o nosso karma. Escolhemos os pais que temos e até a nossa aparência. Tudo é desenhado para servir o nosso melhor interesse. A dor de olhar para outro com inveja é na verdade acreditar que o Criador não sabe o que está a fazer. A inveja é o maior destruidor da alegria. Como tenho dito muitas vezes, o castigo da inveja é precisamente esse, ser invejoso.  Alegria é saber que tudo o que temos nas nossas vidas é exactamente o que deve ser.  


  
Talvez, se puderem, possam encontrar tempo nesta semana para dar um passeio e banhar-se em toda a glória da vossa vida. Ergam a cabeça para o céu e riam. Que ricos vocês são, verdadeiramente! Foquem-se e vejam todos os tesouros da vossa vida, as pessoas que vos amam e as pessoas que precisam do vosso amor. Cada um de nós é um sobrevivente e um poderoso regente da sua vida. Nesta semana, alegremo-nos com isto e com tudo o que é bom.

 

Com todo o meu amor
Karen