O Poder da Luz | Kabbalah Centre Portugal

O Poder da Luz

Quando entramos num quarto escuro e pressionamos o interruptor, parece que a escuridão desaparece instantaneamente e o quarto se enche de luz. Os cientistas dizem-nos que a luz viaja aproximadamente a 280.000 km por segundo. Se pudéssemos viajar à velocidade da luz, poderíamos dar a volta à terra 7,5 vezes num segundo. A luz é uma maravilha e as suas qualidades são um verdadeiro testemunho da sua natureza e origem divinas. Esta é a forma como a luz funciona fisicamente, mas também a forma como a Luz do Criador pode atuar nas nossas vidas. Quando ativamos a Luz nas nossas vidas, os problemas são resolvidos, os atritos são dispersos, as soluções chegam instantaneamente, e tudo o que podemos precisar pode cair-nos nas mãos.

 

Este é o poder da Luz. Kabbalah, que em hebraico significa “receber”, é o manual para ser dono da nossa vida, que nos ensina como atrair a Luz do Criador. O propósito da vida é aprender a baixar esta Luz para as nossas vidas e para o mundo. Esta semana, esta Luz milagrosa brilha no cosmos talvez com mais brilho do que no resto do ano. O interruptor está ligado e a Luz entra no nosso mundo obscurecido trazendo-nos a claridade, a visão, a compreensão, a paz, o amor, e a direção que temos procurado. O cosmos apoia-nos esta semana oferecendo-nos uma quantidade tremenda de energia positiva, permitindo-nos ver claramente o nosso próximo passo e dando-nos bênçãos inesperadas. Temos a oportunidade agora de manifestar esta Luz do Criador que pode remover os obstáculos, o caos e os problemas que temos enfrentado. Se estivermos abertos a permitirmo-nos ser um canal para esta energia, esta semana pode ser verdadeiramente uma das mais positivas do ano inteiro.

 

A nossa porção e guia desta semana é Naso, a maior porção da Bíblia. O Criador presenteia-nos sempre com a sua energia adjacente à festividade de Shavuot. Isto acontece porque a energia de Naso e Shavuot são uma e a mesma coisa. Shavuot é a abertura cósmica em que a Torá foi dada ao mundo e com ela veio a maior Luz a ser revelada, uma Luz tão poderosa que a própria morte terminou e a imortalidade foi alcançada por um momento. Esta é a potência de energia que funciona esta semana como um fio vivo por todo o universo.

 

A porção de Naso é também a porção que é lida durante a festa de Chanukah; é aí usada também para manifestar e extrair a Luz incrível durante aqueles oito dias. Então, o que estou a dizer? Estou a dizer que porque a Luz é tão predominante esta semana, os nossos problemas irão desaparecer automaticamente? A Luz do Criador não brilha também nas outras 51 semanas do ano? A porção de Naso fornece-nos a resposta a estas perguntas. Naso descreve os serviços, sacrifícios e oferendas que os israelitas apresentaram ao Tabernáculo e ao Criador. Imagine a maior porção da Bíblia, e é toda sobre oferendas e sacrifícios! Este é o segredo de como gerar e atrair a Luz para nossas vidas. A única maneira de receber e manter uma realização duradoura é através da partilha. A Kabbalah ensina-nos que dar e agir de forma a partilhar é o segredo para canalizar a Luz do Criador nas nossas vidas. Esta semana é um dos melhores momentos para se envolver neste sistema espiritual.

 

A Luz que nos está disponível esta semana conecta-nos com a energia que foi revelada no Monte Sinai quando a morte foi eliminada. Imagine nunca dizer adeus a uma pessoa amada. Imagine o desfrute e as bênçãos da vida nunca chegarem ao fim. Imagine desfrutar de vidas de boa saúde e vitalidade inesgotáveis. Esta grande promessa do Criador é de facto o nosso futuro e destino, mas esta semana podemos ter um gostinho dessa realidade. Se estivermos abertos a fazer o esforço de pressionar o interruptor e a ser um canal para esta Luz, podemos ir ao futuro e trazê-lo ao aqui e agora. Ser um canal para a Luz significa que permitimos que esta flua através de nós para o benefício dos outros. Estamos dispostos a receber por uma questão de nos tornarmos um ser de partilha.

 

Acender a Luz nas nossas vidas não é necessariamente difícil. Quantas vezes passamos ao largo de um colega de trabalho que parece estar numa fase difícil, simplesmente porque estamos muito ocupados? Podemos parar por um momento, dizer “olá” e oferecer um sorriso? Não há vezes em que nos encontramos tão envolvidos nas nossas próprias vidas que não nos permitimos sentir a felicidade e alegria por outras pessoas? Estamos abertos a tirar um minuto para parar e sentir a alegria de outra pessoa e desejar-lhes bem? Ser feliz pelos outros não nos custa nada, mas rende-nos tanto em troca. Ações de amor e bondade são o que acende a Luz nas nossas próprias vidas. Quando canalizamos a Luz para o bem dos outros, somos nós que experimentamos essa Luz. Ao dar, recebemos automática e instantaneamente.

 

Esta semana, na nossa meditação, viajamos à velocidade da Luz. Em cada alvorada, medite sobre a luz do sol a fazer a sua viagem em redor do mundo. A cada momento ao longo do dia, a escuridão desaparece à medida que a luz ilumina a terra. A cada minuto o sol está a nascer em algum lugar na terra, à medida que viaja a 290.000 km por segundo por todo o globo. Leve-se lá e viaje com ele. Dentro de um instante, florestas, vales, cavernas e cidades obscurecidas são iluminadas. Deixe esta mesma luz entrar na sua vida, oferecendo amor, soluções, milagres, e pondo fim aos conflitos.

 

Tudo o que nos é exigido para aceder à Luz do criador é deixá-la entrar. Se conseguirmos encontrar o espaço nos nossos corações para nos amarmos um pouco mais, podemos, finalmente, trazer a totalidade da Luz do Criador a este mundo e remover cada canto escuro que ali exista.