Nunca nenhuma luz é desperdiçada | Kabbalah Centre Portugal

Nunca nenhuma luz é desperdiçada

Lemos o profeta Jeremias durante os Shabbats que estão dentro do que chamamos de Ben HaMetzarim , as “três semanas negativas". A tarefa de Jeremias era despertar os Israelitas para evitar a destruição; no entanto, se conhecermos as diferentes histórias dos profetas, sabemos que ele foi incapaz de o fazer. Como tal, se alguém olhasse a vida de Jeremias e o trabalho que ele tentou fazer, pareceria que ele falhou. Mas se ele falhou, por que lemos dele durante estas três semanas consideradas as mais “negativas” ou desafiadoras do ano?

 


Há um belo ensinamento de um dos grandes Kabalistas, Rav Tzadok HaKohen. Ele diz que embora na vida de Jeremias tudo o que ele revelou e tentou ensinar não tivesse o impacto que ele esperava, aquela Luz era na verdade a Luz que vai permitir a vinda da Redenção Final. Portanto, o trabalho e as revelações de Jeremias não foram desperdiçados.

 


Apesar de Jeremias não ter o percebido quando tentou despertar as pessoas para a mudança, a Luz que ele revelou e o que ele fez através da sua profecia, trabalho e ensinamento, foi na verdade mais importante do que a de qualquer um dos outros profetas. Porquê? Porque os Kabalistas dizem-nos que a Luz revelada através da profecia de Jeremias será a Luz que usamos para manifestar a Redenção Final. 

 

Sabendo isto, agora faz sentido lermos Jeremias durante estas semanas. Não nos queremos conectar com o fracasso dessas palavras há milhares de anos; queremos  conectar-nos com a Luz que ele revelou então, que é a Luz que recebemos agora. A luz que nos permitirá, e ao mundo, verdadeiramente alcançar aquilo a que essa Luz se destina - a Redenção Final.

 

Esperemos que isto desperte dentro de cada um de nós o importante entendimento de que nenhuma Luz que revelamos ou ação positiva que realizamos jamais será desperdiçada. De facto, os Kabalistas ensinam que quando as nossas ações positivas se manifestam, isso revela apenas uma pequena parte do nosso potencial, enquanto que, quando investimos energia em alguém ou em alguma coisa, e ela não se manifesta naquele tempo como queríamos ou como esperávamos, na realidade, essa Luz despertada é mais forte e, ao longo do tempo, virá a revelar uma Luz maior ... tal como a de Jeremias.

 

Sim, toda a ação única de natureza positiva, toda a ação de partilha, toda a ação de assistência que fazemos, que se manifesta e ajuda os outros, revela uma certa quantidade de Luz. No entanto, quando realizamos essas ações e parece que elas não se manifestaram ou ajudaram alguém, essa ação realmente revela uma quantidade maior de Luz. É um dos dons que queremos extrair do trabalho de Jeremias e do Shabbat Matot-Masei.

 

E ainda mais, podemos chegar ao Shabbat de Matot-Masei, e a todos os Shabbats do Ben HaMetzarim, pedindo para atrairmos a Luz de que precisamos das revelações e dos ensinamentos de Jeremias, para trazer a Redenção Final. É um belo entendimento.