Nesta geração, todos podemos ser profetas | Kabbalah Centre Portugal

Nesta geração, todos podemos ser profetas

A passagem dos Profetas que lemos depois da porção Vayeshev é do Livro de Amos e diz: "O Criador diz ‘Das vossas crianças tirarei profetas e dos jovens, Nazireus’." Aqui, Nazireus significa ser completamente separado da fisicalidade deste mundo e, por consequência, totalmente conetado com a Luz do Criador. Rav Ashlag diz-nos que quando falamos de profecia, isso significa a capacidade de baixar a Luz para aqueles que ainda não estão despertos para uma conexão com o Criador. Um profeta é um indivíduo que desperta para os outros uma conexão com a Luz do Criador.

 

Quando se diz nesta passagem "Das vossas crianças tirarei", crianças representam aqueles que ainda não estão conetados com a Luz do Criador. Nas gerações anteriores, era preciso ser-se de uma estatuto superior para se ser profeta, para se ser escolhido pelo Criador, para se ser um canal para a Luz ser revelada e inspirar outros a conectarem-se com a Luz do Criador. No entanto, na nossa geração, qualquer pessoa que verdadeiramente deseje, pode tornar-se um profeta e pode ser escolhida pelo Criador para ser alguém que leva essa Luz ao mundo.

 

Como é que sabemos isto? Em Isaías, quando se fala do tempo chamado Correção Final, o fim da dor, do sofrimento e da morte neste mundo, diz-se que esse dia será o da Revelação Final, e que um grande chifre será soprado. Um chifre que desperte outros para uma conexão com a Luz do Criador. Mas não diz quem especificamente fará este trabalho; diz-se que haverá aqueles que vão fazer esse trabalho e que depois o mundo inteiro chegará a uma conexão completa com a Luz do Criador. O Midrash salienta que geralmente se diz quem irá fazer o quê. Mas no verso de Isaías que fala acerca do Fim da Correção, os nomes são deixados em branco, dizendo-se simplesmente que haverá aqueles que o hão-de fazer. Por que razão não nos disseram quem será?


Quando falamos deste chifre, ou da voz que permitirá a remoção da dor, do sofrimento e da morte deste mundo, estamos a falar  daqueles que serão os inspiradores, os que elevam, aqueles que trarão a sabedoria para o mundo. E, de novo, nas gerações anteriores era preciso ser-se escolhido e ensinado. Mas na nossa geração, no nosso tempo, uma pessoa escolhe se ele ou ela fará parte do soprar do chifre, parte do anúncio do canal dessa revelação da Luz do Criador neste mundo.


Portanto, quando o Criador diz: "Tomarei dos mais jovens de vós, dos mais pequenos de vós para serem profetas, para serem Nazireus, para estarem conectados com a Luz do Criador", significa que não é necessário ser-se de um elevado estatuto espiritual para fazer parte do soprar desse chifre, ou para fazer o trabalho de trazer a Redenção Final. Nas gerações anteriores, tinha de ser Moisés, ou Rav Shimon, por exemplo. Mas na nossa geração, qualquer pessoa que decida pode fazer parte dessa revelação.


Eis porque, em Isaías, não se diz quem serão os arautos do Mashiach, do fim da dor, do sofrimento e da morte ... porque qualquer pessoa que o decida, pode ser aquela que recebe a Luz que traz a Redenção Final para este mundo. Esta é a razão por que não se pode dizer que é esta pessoa ou aquelas pessoas; serão muitos os que tomarão para si esse tarefa de serem o que nós chamamos de sopradores do chifre, o mensageiro, aquele que leva a Luz do Redenção Final ao mundo e aos outros.


E o Criador diz: "Derramarei o Meu espírito", o que significa que o Criador derramará Luz e sabedoria abundantemente sobre o individuo que decida ser um canal dessa Luz, para que possa ser capaz de realizar essa tarefa. "Então, até o mais jovem de vós, o mais pequeno de vós", diz o Criador, o que significa que, espiritualmente, o mais pequeno "se pode tornar um profeta", esse canal para trazer esta Luz da sabedoria para o mundo. O que significa que na nossa geração, até omais baixo dos menos elevados espiritualmente, se despertar o seu desejo de ser um canal, pode ser o que chamamos um profeta para essa Luz. Nunca antes isto foi verdade. No tempo de Moisés, uma pessoa podia querer ser profeta, ser um verdadeiro canal para a Luz do Criador, mas isso não era possível.

 

Então, a Luz que é revelada na leitura de Amos - "Tirarei dos mais novos de vós para serem profetas... vou deslumbrar-vos com uma abundância de Luz e de sabedoria para poderem levar esta Luz e mensagem ao mundo" - é tanta, que tudo o que uma pessoa tem de fazer é despertar esse desejo. Por consequência, diz-se  que chegaremos à Redenção Final quando um número suficiente de pessoas ouvir esta mensagem. Não diz que o Criador o vai fazer, não diz que um profeta específico o vai fazer; ao invés, será um grupo de muitas pessoas que tomará sobre si o desejo de trazer esta Luz e mensagem para o mundo.
E, claro, o Lado Negativo vai dizer-nos: "Não, não és capaz, não estás capacitado." Mas quando isso acontece, temos de lembrar a nós próprios o que se diz nesta leitura dos Profetas, na semana da porção Vayeshev: que até o mais jovem de entre os jovens pode vir a ser um profeta. Temos de lembrar a nós próprios que se diz que o Criador derramará uma abundância de Luz e de sabedoria sobre qualquer pessoa que desperte o desejo de ser profeta. Neste geração, "o mais jovem" de nós pode vir a ser um profeta, um verdadeiro canal para trazer a Luz do Criador para este mundo.

 

Portanto, uma das maiores revelações e desejos que precisamos de despertar é esta: "Eu posso e quero ser um profeta desta revelação, um canal para trazer esta revelação para o mundo, e tenho a certeza de que mesmo que eu seja o menor dos menores, se eu desejo, então posso tornar-me num profeta para a Luz do Criador." Esta é a Luz e a sabedoria  que podemos trazer para o mundo; e quem é "nós"? Qualquer pessoa. O Criador derramará Luz e sabedoria para qualquer um que desperte o desejo. E temos o mérito, no Shabbat Vayeshev, de sermos despertados para o desejo e para  recebermos esta capacidade de sermos um canal para trazer esta Luz para o mundo de formas ainda maiores, levando-nos a todos para mais perto da Redenção Final.