A importância de avançarmos para o segundo nível de certeza | Kabbalah Centre Portugal

A importância de avançarmos para o segundo nível de certeza

Na porção  Vayechi, Jacob prepara-se para deixar este mundo e dá a cada um dos seus filhos uma bênção e uma profecia. Enquanto está a falar, recebe uma profecia acerca do seu filho Dan; Rachi e os kabbalistas dizem que essa profecia é sobre Sansão, uma grande alma que veio a este mundo depois de Jacob ter partido. Na visão de Jacob, Sansão seria quem, finalmente, poria fim à dor, ao sofrimento e à morte neste mundo, o canal para o Fim da Correção. Mas a profecia continua e Jacob vê que acontece alguma coisa má a Sansão, que os seus olhos saíram das órbitas e ele vai morrer. E depois ele diz L’Yeshuascha Kivisi HaShem; "Eu espero, eu desejo do Criador o despertar da Redenção."


 
É importante perceber exatamente o que está a acontecer aqui. Jacob está a ter visões sobre cada um dos seus filhos. Quando ele começa a receber a profecia da tribo de Dan, olha para o futuro e fica entusiasmado quando vê que vai ser esta grande alma, Sansão, quem vai pôr fim a toda a dor, sofrimento e morte neste mundo. Mas depois a visão continua e Jacob agora diz que estava enganado; não só Sansão não é a alma que vai trazer o Fim da Correção, como vai ter uma morte horrível. Imediatamente depois, as três palavras seguintes são L’Yeshuascha Kivisi HaShem; ele diz ao Criador: "Estou à espera do Fim da Correção, para a Redenção Final."



A visão de Jacob ensina-nos um segredo muito importante. O Zohar diz e os Kabalistas ensinam que nenhuma Luz pode ser revelada neste mundo sem um despertar do desejo e, depois, a espera de que a Luz seja revelada. Todos os dias, na nossa conexão da manhã, dizemos: Kaveh el Hashem: "Espera, sabe e deseja a manifestação da Luz do criador." Pode ser com uma pequena ou grande dificuldade, ou na totalidade da revelação da Luz do Criador neste mundo, mas temos de ter o desejo e a certeza de que a assistência virá da Luz do Criador." E depois a frase é repetida de novo.
Então, os Kabalistas perguntam: porquê dizer Kaveh el HaShem, desperta a certeza de que a Luz do Criador vem para nos assistir, duas vezes? Os Kabalistas ensinam que a revelação completa de qualquer assistência verdadeira da Luz do Criador é como uma curva de sino. Existe a certeza, o despertar do Receptor que pensamos se vai manifestar em assistência, e depois desaparece.  A Luz vai-se manifestar se formos capazes de, bem lá no fundo, manter a certeza, à segunda vez. A Luz, as grandes bênçãos, nunca se manifestarão na vida de uma pessoa ou no processo coletivo deste mundo sem uma curva de sino: um despertar da certeza, a perda de qualquer que seja a base dessa certeza e depois o re-despertar dessa certeza.

 

No que diz respeito à porção Vayechi, podemos perguntar por que razão o Criador é tão mau para Jacob. Ele está prestes a deixar este mundo, estão a ser-lhe reveladas visões, então para quê dar-lhe uma visão errada? Porquê deixá-lo pensar, à medida que toda a história lhe está a ser revelada, que Sansão vai manifestar a remoção completa da dor, do sofrimento e da morte neste mundo, apenas para ver, segundos depois, na continuação da profecia, que Sansão não será essa pessoa? Jacob coloca toda a sua esperança e despertar na alma de Sansão para afinal ver que ele vai falhar. Depois Jacob diz: "Mas eu não desisto. Ainda desperto a certeza, o desejo e a espera pela Redenção Final."

 

E é espantoso que estas três palavras L’Yeshuascha Kivisi HaShem: "Pela Tua assistência, pela Tua redenção eu desperto a certeza, eu espero a Luz do Criador", seja qual for a ordem por que apareçam, independentemente da forma como estas palavras são colocadas, elas significam exatamente o mesmo. Portanto, através destas palavras, Jacob revela-nos um importante segredo.

 

Todos nós sabemos, claro, a importância da certeza, e todos os dias dizemos nas nossas conexões que esperamos a Luz do Criador para que nos assista e se manifeste nos nossos desafios, quer individuais, quer globais. Mas o que temos de aprender com esta visão e profecia de Jacob é que a manifestação e a assistência da Luz nunca virão através de uma certeza. Nenhuma grande dor, nenhuma grande assistência e, certamente, a revelação completa da Luz do Criador neste mundo virão de uma certeza. Haverá certeza, ela será perdida e depois, quando tivermos a certeza de novo, a Redenção Final será revelada.

 

Isto aconteceu ao Rav Ashlag e ao meu pai, Rav Berg, que passaram pela mesma coisa quando os seus professores morreram. Quando Rav Ashlag estava a estudar com o seu professor, escreveu que acreditava que, através do seu estudo e trabalho com o seu professor, ele ia atingir o propósito da sua vida e a revelação completa da sua grande alma... mas depois o seu professor morreu. E o Rav Berg disse a mesma coisa acerca do seu professor, com quem estudou de 1962 a 1969. Ele colocou toda a sua esperança, certeza e despertar no seu professor Rav Brandwein, que morreu em 1969. Tudo o que Rav Ashlag e Rav Berg tinham a esperança de vir a receber - sabedoria, crescimento e entendimento - perderam completamente. Rav Ashlag até diz que, quando o seu professor morreu, esqueceu tudo o que tinha aprendido com ele.

 

Porquê? Porque em qualquer grande revelação há sempre uma certeza, a perda dessa certeza e depois L’Yeshuascha Kivisi HaShem, um despertar de uma certeza mais verdadeira, profunda e forte na Luz do Criador. E essa segunda certeza é a única que pode manifestar quaisquer bençãos verdadeiras na nossa vida e quaisquer revelações verdadeiras no nosso mundo. Portanto, quer Rav Ashlag quer Rav Berg tiveram que pôr todo o seu desejo e certeza nos seus professores e  depois perderam-nos, porque uma grande Luz, uma grande sabedoria, uma grande revelação nunca são reveladas com um nível de certeza.


Com isto aprendemos que, se for importante, não vamos obter a manifestação da Luz, para a qual despertamos certeza, nessa certeza inicial. Vamos perder essa certeza e que depois temos de nos lembrar, de nos esforçarmos para subir a montanha e despertarmos a certeza outra vez. E depois, L’Yeshuascha Kivisi HaShem, podemos despertar o verdadeiro desejo, a verdadeira certeza e manifestar grande Luz nas nossas vidas e neste mundo.

 

Uma das dádivas oferecidas por Jacob na porção Vayechi é a difícil perda da sua certeza e a compreensão da razão de ter passar por isto. Ao fazê-lo, ensina-nos a não ficar no vale da falta de certeza. Ele força-se a retroceder e diz: L’Yeshuascha Kivisi HaShem; "Agora despertei o segundo nível, o nível mais profundo, o nível mais forte da certeza." Qualquer verdadeira Luz revelada neste mundo, individualmente ou na totalidade da revelação do Fim da Correção, só se manifestará quando houver um número suficiente de pessoas que tenham desperta do a certeza, perdido a sua certeza e depois tenham retrocedido para despertar o segundo nível de certeza mais forte e verdadeira. Eis por que podemos ler, da forma que quisermos, o verso L’Yeshuascha Kivisi HaShem; assim que atingirmos o segundo e verdadeiro nível de certeza, nao importa se de tras para a frente ou vice versa, esla está lá e assim permanece para sempre.