Fita Vermelha | Kabbalah Centre Portugal

Fita Vermelha

 

O que existe de tão importante numa fitinha vermelha?  Numa palavra – Proteção.

Já ouviu falar de Mau-olhado? Na América colonial era chamado de Stink Eye. Em hebraico chama-se ayin ha’rá. Em italiano, mal ochio, em espanhol, mal ojo, em Farsi (iraniano), bla band. Todas essas culturas e centenas de outras possuem uma expressão para isso. Mas o que significa mau-olhado? 

É o poder de infligir danos fatais só com o olhar.

A Fita Vermelha é utilizada como proteção contra o Mau-olhado. O Mau-olhado é uma força negativa muito poderosa. Refere-se aos olhares não amigáveis e hostis que às vezes recebemos das pessoas à nossa volta. Os olhares de inveja e mau-olhado afetam-nos, impedindo que alcancemos o nosso pleno potencial em cada área das nossas vidas.

De acordo com a Kabbalah, a necessidade de enfrentar o problema das influências negativas não pode ser subestimada. As pessoas que não conseguem entender esse fato e ativam um escudo protetor através de comportamentos positivos e proativos podem tornar-se vítimas.

A Kabbalah ensina-nos que podemos remover influências negativas intrusas e, mais importante ainda, que temos o potencial de erradicar a negatividade para sempre. O poder do olho, quando compreendido através de uma perspetiva kabbalística, pode tornar-se tanto num instrumento de cura poderoso, como ser um canal devastador de destruição.

 

RACHEL E A FITA VERMELHA

Uma tradição antiga consiste em enrolar a Fita Vermelha sete vezes em torno do túmulo de Rachel, a grande Matriarca. Rachel, esposa de Yaakov, após muitos anos de esterilidade, deu à luz dois filhos: Yossef, e, mais tarde, Benyamin,. Rachel morreu durante o parto de Benyamin, e encontra-se enterrada na estrada entre Jerusalém e Bet Lechem, na Terra de Israel.

Depois da Fita Vermelha ser envolvida em torno do túmulo, recebe poderes místicos. A Fita Vermelha é então cortada em pedaços e utilizada no pulso da mão esquerda. A mão esquerda é considerada pela Kabbalah como o lado receptor do corpo e da alma. Ao utilizar a Fita Vermelha no nosso pulso esquerdo, podemos receber uma conexão vital às energias protetoras que circundam o túmulo de Rachel.

A Fita permite-nos também receber e retirar dela, a qualquer momento, a energia da proteção poderosa de Rachel.

Os kabbalistas acreditam que, ao procurar a Luz de pessoas santas como Rachel, podemos utilizar a sua poderosa influência para nos ajudar. De acordo com a Kabbalah, Rachel representa o mundo físico em que vivemos. O seu maior desejo é proteger e defender todos os seus filhos do mal. Quando envolvemos a Fita Vermelha no nosso pulso esquerdo, enquanto recitamos a poderosa oração de Ana BeKoach, selamos a energia da proteção poderosa de Rachel dentro de nós, que interceta influências negativas com a intenção de nos causar mal.

 

O MAU OLHADO NO ZOHAR

“Uma pessoa possuída pelo mau-olhado carrega consigo o olho da força negativa da destruição; logo, é chamada “destruidor do mundo”, e as pessoas devem ter cuidado com ela e não se aproximar, para não serem prejudicadas!”- Zohar I, p.68b

 

COMO UTILIZAR A FITA VERMELHA

Peça a alguém que ama para atar a Fita Vermelha à volta do seu pulso esquerdo. Primeiro, peça-lhe para ajustar a fita à volta do pulso com um nó simples. Repita esta ação, amarrando a fita num nó mais seis vezes, num total de sete nós. Agora, prometa a si mesmo que evitará maus pensamentos e palavras sobre os outros.

Este comportamento prejudicial irá interferir com o seu esforço de obter plenitude e proteção pessoais. Por fim, termine pedindo à pessoa para recitar a Oração Ben Porat, que impede que os outros lhe lancem mau-olhado.

(Ambas as orações estão incluídas no invólucro da Fita Vermelha).

 

O que torna a Fita Vermelha do Kabbalah Centre única

Todos os anos, alunos e professores dão o máximo de si para impulsionar e distribuir esta ferramenta. Os nossos esforços incluem:

  1. Tingir de vermelho a lã branca. O vermelho corresponde ao desejo de receber apenas para nós próprios, e esta cor vermelha que utilizamos serve como antídoto para os desejos egoístas que se infiltram nas nossas mentes e corações.  
  2. Contratar um guarda armado para escoltar a nossa equipa até ao túmulo de Rachel, a Matriarca, localizado numa parte perigosa de Israel.
  3. Enrolar a Fita Vermelha sete vezes à volta do túmulo.
  4. Recitar várias orações kabbalísticas, sobretudo a oração mística de Ana BeKoach.
  5. Cortar a fita em pedaços do tamanho de pulseiras.

Para adquirir a Fita Vermelha para si ou para a sua família, entre na loja online.