Construir um muro entre a negatividade e as bênçãos | Kabbalah Centre Portugal

Construir um muro entre a negatividade e as bênçãos

building-a-wall-between-negativity-and-blessingsO Shabbat de Bamidbar vem sempre antes de Shavuot, e os Kabalistas explicam porquê. Eles dizem-nos que na porção anterior, Bechukotai, havia uma lista do que é designado por maldições, que representam a negatividade que pode vir a este mundo e às nossas vidas. E, com esta porção de Bamidbar, estamos prestes a conetarmo-nos com a Luz de Shavuot, que é a Luz da Imortalidade e da remoção de toda a dor e sofrimento global. Portanto, precisamos de ter esta porção e do Shabbat de Bamidbar para separar as maldições da semana passada e as bênçãos que estão a chegar esta semana.

 

De uma maneira simples, o entendimento é que algo precisava de ser colocado entre as maldições e as bênçãos. Algo precisava de ser colocado entre Bechukotai, que representava qualquer tipo de escuridão ou desafios que pudessem surgir na nossa vida e, esta semana, Shavuot, quando a Luz da Imortalidade vai ser revelada. No entanto, sabemos que não há coincidências, e que todas as partes do sistema espiritual são exatas. Portanto, isso significa que há algo de especial na leitura de Bamidbar e sobre este Shabbat, o qual tem o poder e a capacidade de se apresentar como um muro entre nós e qualquer tipo de negatividade ou desafio.


Essa é a compreensão mais profunda deste Shabbat; não se trata apenas da necessidade de existir algo entre as maldições da semana passada e a Luz desta semana, mas sim de que há algo de especial, há uma Luz especial, segredos e bênçãos que são revelados no Shabbat Bamidbar que literalmente constroem um muro entre nós e qualquer tipo de negatividade.


Com este entendimento, podemos agora ficar esclarecidos de que o que está a acontecer neste Shabbat, e do que a nossa consciência precisa de estar focada, é que estamos literalmente a construir um muro entre a negatividade e a escuridão da semana passada e as grandes bênçãos desta semana. Como tal, independentemente de mais alguma coisa que entendamos acerca dos segredos do Shabbat Bamidbar, esta é a primeira consciência. Há uma Luz tão grande a chegar esta semana que, se tivermos qualquer resto de negatividade ou de escuridão da semana anterior, ela limita a Luz da Imortalidade e as bênçãos infinitas que podemos receber de Shavuot. Isto também pode estar na nossa consciência; se estamos apegados a qualquer tipo de tristeza, ou estamos a sentir-nos deprimidos ou aborrecidos com coisas que aconteceram antes, isso também limita a quantidade de Luz que podemos receber em Shavuot.

 

Assim, é importante que não nos conectemos apenas a este Shabbat, mas que também façamos todo o trabalho que pudermos para nos clarearmos, as nossas mentes e a nossa consciência, de qualquer negatividade residual anterior. Ao fazê-lo, será muito mais fácil recebermos a grande Luz de Shavuot. E é isso que o Shabbat Bamidbar é. É o Shabbat do muro; o muro entre qualquer negatividade ou escuridão anterior e a Luz que será revelada em Shavuot, a Luz da Imortalidade. É realmente um entendimento poderoso e belo da razão do Shabbat Bamidbar vir sempre antes de Shavuot: ele vem para ser aquele muro. Mas, é claro, para que o muro seja construído, precisamos de nos conectar com ele, de o entender e de o pedir.